Sindicato Classisista e de Luta fale conosco
Publicações

Publicações

GLOBO CONVOCA HUCK PRA REUNIÃO EMERGENCIAL

Ícone Calendário15/01/2018
GLOBO CONVOCA HUCK PRA REUNIÃO EMERGENCIAL

Nesta quinta-feira (11), a jornalista Keila Jimenez postou no site R-7 que a direção da TV Globo convocou o apresentador Luciano Huck para uma “reunião emergencial”. O motivo seria a sua “entrevista” no programa “Domingão no Faustão” e a iniciativa do PT de ingressar com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a emissora, o “presidenciável” global e o bobo-da-corte Fausto Silva. Durante a semana, a famiglia Marinho fez de tudo para evitar um processo por uso indevido de uma concessão pública de televisão como palanque eleitoral, o que é proibido pela legislação. No desespero, ela mentiu descaradamente, afirmando que a tal entrevista foi feita em novembro passado, quando o apresentador já havia negado suas pretensões políticas.

 

Segundo lembra Keila Jimenez, “a não candidatura de Luciano Huck à Presidência da República parecia navegar em águas calmas na Globo desde que o apresentador afirmou, no final do ano passado, que não seria candidato em 2018. No último domingo (7), a participação previamente [sic] gravada de Huck no ‘Domingão do Faustão’ e outras coisinhas mais voltaram a incendiar os ânimos no alto comando da emissora. Integrantes do PT entraram com representação no TSE contra a Globo por suposto abuso dos meios de comunicação e de poder econômico após a participação de Huck no ‘Domingão do Faustão’. No programa, ele falou sobre o atual cenário político do Brasil. O partido alega que Huck já está fazendo campanha, usando programas da Globo para isso”.

 

Ainda segundo a colunista, “no ano passado, a emissora exigiu que Luciano Huck tomasse uma decisão com relação a sua carreira política antes do início de 2018. Caso decidisse sair candidato, deveria se afastar imediatamente da TV. Ele enrolou, enrolou, mas acabou falando que não seguiria o caminho da política, não tão cedo. No entanto, alguns institutos de pesquisa mantiveram o nome do apresentador em enquetes e levantamentos eleitorais recentes. E Huck não fez nada. Não fez negar. A cara de paisagem do apresentador diante dessa situação tem incomodado alguns diretores da emissora. Após a participação dele no ‘Domingão’ e o processo do PT, Luciano Huck deve sentar novamente para conversar com a Globo e decidir de vez se sai o fica”.

 

A nota do R-7 comete um grave erro ao tentar livrar a cara da Rede Globo, insinuando que o apresentador foi o único culpado pelo crime eleitoral. Como apontou Mônica Bergamo, em sua coluna na Folha nesta sexta-feira (12), a emissora mentiu ao informar a data da gravação do programa. “A informação de que a entrevista de Luciano Huck ao ‘Domingão do Faustão’ foi gravada em 11 de novembro esbarra em um dado. Durante a conversa, Fausto Silva diz que Huck ‘deixou bem claro em comunicado enviado a todos os jornais’ que não seria candidato a presidente. O artigo em que o apresentador negou disposição de disputar a Presidência foi publicado na Folha e reproduzido por outros veículos no dia 27 de novembro. Procurada, a TV Globo não respondeu”.

 

Antes da Folha, o blogueiro Fernando Brito, do indispensável “Tijolaço”, já havia desmascarado a farsa da emissora. “Este blog duvidou da informação distribuída pela Globo de que ‘Divã’ do Faustão com a exibição de Luciano Huck teria sido gravado no longínquo 11 de novembro, antes de que o apresentador tivesse, publicamente, negado ser candidato à Presidência. Hoje, a Folha levanta dúvidas sobre isso, informando que Faustão se refere ao artigo de Huck ‘desistindo’ da disputa, que só foi publicado dia 17/11. É pior, muito pior. É uma mentira descarada, e se você olhar o vídeo oficial da própria emissora verá que a ‘entrevista’ se inicia com uma pergunta sobre se choveu ou não no réveillon e qual dos filhos deu mais trabalho na festa”.

 

A entrevista – na verdade uma propaganda eleitoral antecipada e criminosa –, a mentira na sequência e a própria convocação da “reunião emergencial” poderiam resultar em uma punição exemplar ao império global. Mas isto dificilmente ocorrerá. Afinal, a TV Globo manda no Brasil... inclusive no Poder Judiciário. Em comunicado logo após a polêmica sobre o “Domingão do Faustão”, a direção da emissora emitiu uma nota lacônica: “A TV Globo reitera que não apoia qualquer candidato e que se limitará a realizar a cobertura jornalística das eleições de 2018, seguindo as regras de seus princípios editoriais”. O TSE, como sempre, deverá acolher a “resposta” do império global e arquivar a representação do PT. A conferir!

 

Por Altamiro Borges

 

Parceiros

Parceiros

  • Contraf
  • Federação dos Bancários
  • Bancários Classistas
  • AFBNB
  • Fenae
  • Vermelho
  • ANABB
  • CTB
Enquete

Enquete

O QUE VC ACHA DO GOVERNO TEMER ?