Sindicato Classisista e de Luta fale conosco
Notícias

Notícias

GOVERNO IMPÕE LEI DO SILÊNCIO NO INSS

Ícone Calendário13/03/2019
GOVERNO IMPÕE LEI DO SILÊNCIO NO INSS

 

 

O presidente do Instituto Nacional do Seguro Social, Renato Rodrigues Vieira, decretou “lei do silêncio” a todos os ocupantes de cargos da autarquia por meio de ofício-circular. A determinação é que todos estão proibidos de dar entrevistas ou declaração sobre a reforma da Previdência.

É um absurdo atrás do outro, além de contrariar diretamente a Lei 12.527/11, que regula o acesso a informações. O documento que circulou foi endereçado a diretores, procurador-chefe, auditor-geral, corregedor-geral, coordenadores-gerais, superintendentes regionais, gerentes-executivos e gerentes de agências de Previdência Social (APS).

Segundo o presidente Renato Rodrigues Vieira, o objetivo é uniformizar as informações sobre a reforma da Previdência, portanto devem direcionar para a assessoria de comunicação da Secretaria Especial de Previdência Central do INSS.

Sobre o Instituto Nacional de Seguridade Social

O INSS é responsável por gerir e pagar os benefícios previdenciários dos aposentados, pensionistas e outros segurados do RGPS (Regime Geral de Previdência Social).

Fonte: SEEB/Ba

 

Parceiros

Parceiros

  • Contraf
  • Federação dos Bancários
  • Bancários Classistas
  • AFBNB
  • Fenae
  • Vermelho
  • ANABB
  • CTB
Enquete

Enquete

PARA VC O GOVERNO BOLSONARO