Sindicato Classisista e de Luta fale conosco
Notícias

Notícias

LEILÃO DO PRÉ-SAL: A FARRA DAS MULTINACIONAIS

Ícone Calendário28/09/2018
LEILÃO DO PRÉ-SAL: A FARRA DAS MULTINACIONAIS

 

 

Faltando pouco mais de uma semana para as eleições, o projeto neoliberal vende o pré-sal a preço de banana. O petróleo brasileiro foi leiloado nesta sexta-feira (28/09). A expectativa era arrecadar R$ 6,82 bilhões, exatamente o valor registrado ao fim do certame, além dos investimentos previsto de R$ 1 bilhão ao longo dos próximos anos.

Das 12 empresas inscritas, 11 são multinacionais. O que desperta tanto interesse das empresas internacionais é baixo custo de produção – em torno de US$ 7 o barril, próximo do registrado nas áreas produtoras do Oriente Médio – a alta do petróleo no mercado internacional, acima de US$ 80, maior cotação dos últimos quatro anos, além do potencial das reservas. O volume estimado dos quatro blocos comercializados do pré-sal é superior a 17 bilhões de barris.

As rodadas de licitações do pré-sal prejudicam o país. Da forma que foi vendida acaba permitindo que as multinacionais estrangeiras, privadas ou estatais, atuem como operadoras nos consórcios. Neste processo, as multinacionais se apropriam de frações maiores da renda petroleira, porque definem como destinar os investimentos, e fazem isso de acordo com seus interesses.

Além disso, o petróleo brasileiro tem sido vendido de forma cru para multinacional estrangeira. A venda sai muito mais barata dessa forma, o que remete ao período colonial, desde o pau-brasil, servindo a interesses antinacionais.

Fonte: SEEB/Ba

Parceiros

Parceiros

  • Contraf
  • Federação dos Bancários
  • Bancários Classistas
  • AFBNB
  • Fenae
  • Vermelho
  • ANABB
  • CTB
Enquete

Enquete

O QUE VC ACHA DO GOVERNO TEMER ?