Sindicato Classisista e de Luta fale conosco
Publicações

Publicações

Quinta-Feira, 11 de julho de 2013? Um dia para enrtar pra história!

Ícone Calendário11/08/2013
Quinta-Feira, 11 de julho de 2013? Um dia para enrtar pra história!

Desta vez o movimento tem cara. A cara de quem nunca dormiu e sempre esteve na luta! 
Pela primeira vez “na história deste País” poderemos assistir momentos que poderão ser inesquecíveis. Um governo popular sendo cobrado pelo seu povo.
Descarto, neste momento, as manifestações ocorridas no mês de junho passado, pois aqueles movimentos não tiveram “cara”, não tinham bandeira... coloco entre aspas porque, quem quis ver e observou bem, viu que a única bandeira naquelas passeatas era a bandeira da Elite, a bandeira dos que gritavam pelos gastos com a copa, mas que estavam assistindo aos jogos nos estádios e que costumam assistir os jogos do Brasil em outros Países. Essa era a VERDADEIRA bandeira e cara das manifestações ocorridas no mês passado.
Hoje não, hoje é diferente. As manifestações que acontecem hoje têm a cara do povo e sua pauta de reivindicação explícita.
Sabemos e reconhecemos o quanto este governo é especial e importante para a vida de mais de 30 milhões de brasileiros que conseguiram sair de uma faixa abaixo da linha da pobreza. Reconhecemos que durante mais de 50 anos ficamos apenas com uma universidade federal em nosso estado e que hoje temos 5 universidades federais e que em breve teremos mais três. Temos o poder de observar que o salário mínimo nunca atingiu um poder de compra tão elevado (mais de 300 dólares) – em 2000 não chegava a 80 dólares. O risco país que chegou a 4.500 pontos no final do governo Fernando Henrique, hoje é um dos menores desde a sua criação. Não temos mais dívidas com o FMI, que no governo passado era quem “gritava” dentro do nosso país. Muito pelo contrário! Hoje emprestamos ao FMI. Enfim, temos muito a comemorar com esse governo que lutamos décadas e mais décadas para colocá-lo como nosso representante.
Acontece que também temos que perceber que a luta entre o capital e o trabalho é árdua e a própria história mostra isso. Sendo assim, nós trabalhadores, representados por nossas Centrais, Sindicatos, Associações, etc ... também temos que puxar a corda para o nosso lado já que esse momento vivido não passa de um verdadeiro cabo de guerra.
Hoje, estamos nas ruas mostrando a nossa cara e a nossa bandeira reivindicando a nossa pauta que dentre outros pontos constam: o fim do fator previdenciário; NÃO ao PL 4330 (terceirizações); somos contra a corrupção (lugar de bandido é na cadeia)... Temos também como pauta específica para nossa cidade a Redução da Taxa de Iluminação Pública que o atual Prefeito reajustou em 300% no momento em que a nossa presidente reduziu a conta de energia EM 20%; Redução das passagens de ônibus; conserto das ruas esburacadas; médicos, enfermeiros e remédios nos postos de saúde e policlínicas que estão com o funcionamento precário; mobilidade urbana já.
Desta vez o movimento tem cara. A cara de quem nunca dormiu e sempre esteve na luta!
Helmiton Sousa - Secretário Geral do Sindicato dos Bancários de Feira de Santana

Parceiros

Parceiros

  • Contraf
  • Federação dos Bancários
  • Bancários Classistas
  • AFBNB
  • Fenae
  • Vermelho
  • ANABB
  • CTB
Enquete

Enquete

PARA VC O GOVERNO BOLSONARO