Sindicato Classisista e de Luta fale conosco
Notícias

Notícias

CAMPANHA SALARIAL: DEFINIDO CALENDÁRIO DE NEGOCIAÇÕES

Ícone Calendário01/08/2020
CAMPANHA SALARIAL: DEFINIDO CALENDÁRIO DE NEGOCIAÇÕES

 

 

O calendário de negociações da campanha salarial está definido. As reuniões serão por videoconferência, pelo menos duas vezes por semana. A primeira acontece na terça-feira (04/08), das 11h às 13h e o assunto será teletrabalho.

O trabalho remoto ganhou destaque com a pandemia causada pelo novo coronavírus e a necessidade de isolamento social. Desde março, boa parte dos bancários está em home office. Os bancos agora estudam adotar o modelo mesmo depois da crise sanitária. O Comando Nacional quer uma cláusula específica sobre o assunto, com a garantia de direitos dos trabalhadores.

Ainda na próxima semana, quinta-feira (06/08), acontece outra rodada para debater as questões relacionadas ao emprego, outro assunto muito importante. Embora lucrem na casa do bilhão, mesmo na pandemia, as organizações financeiras demitem centenas de pais e mães de família. É o caso do Santander que desligou mais de 700 funcionários em poucas semanas.

Saúde e condições de trabalho entram na pauta da negociação de 11 de agosto. Dois dias depois, 13 de agosto, é a vez de igualdade de oportunidades. Ainda nesta semana, em 14 de agosto, Comando Nacional dos Bancários e Fenaban debatem sobre as cláusulas sociais. No dia 18, tem rodada sobre as cláusulas econômicas. A última negociação agendada acontece 28 de agosto.

A reunião desta sexta-feira (31/07) contou com a participação de todos os bancos, o que é positivo. No encontro, o Comando entregou ainda a pauta de reivindicações específicas ao Banco do Brasil.

Ultratividade

O Comando Nacional dos Bancários voltou a cobrar a ultratividade da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) até o fim das negociações. A Fenaban afirmou que defende a ultratividade, desde que seja uma regra válida para todos os trabalhadores e não apenas os bancários. Em outras palavras, negou. Afirmou ainda que acredita ser possível fechar um acordo antes de 1º de setembro, data base da categoria. Seria ideal, mas é cedo para avaliar.

Para a surpresa de todos, os representantes dos bancos perguntaram se a categoria quer discutir a PLR (Participação nos Lucros e Resultados) nas discussões. Após confirmação positiva, a Fenaban disse que também quer negociar e apresentar uma pauta própria, pois a atividade econômica está mudando e alterações na CCT são necessárias.

O presidente da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Hermelino Neto chama atenção. “A categoria tem de estar preparada, não podemos nos apegar a pequenos detalhes no momento, pois está em jogo a renovação da CCT. Conseguimos avançar até o momento, mas é preciso muita unidade dos trabalhadores”.

Confira o calendário da próxima semana:

Terça-feira (04/08), das 11h às 13h - Teletrabalho

Quinta-feira (06/08), às 14h – Emprego

Fonte: SEEB/Ba

Parceiros

Parceiros

  • Contraf
  • Federação dos Bancários
  • Bancários Classistas
  • AFBNB
  • Fenae
  • Vermelho
  • ANABB
  • CTB
Enquete

Enquete

PARA VC O GOVERNO BOLSONARO