Sindicato Classisista e de Luta fale conosco
Notícias

Notícias

EM REUNIÃO, SINDICATO COBRA SOLUÇÕES NO SANTANDER

Ícone Calendário13/03/2018
EM REUNIÃO, SINDICATO COBRA SOLUÇÕES NO SANTANDER

 

 

Reunião entre os sindicatos de bancários da Bahia e representantes do Santander, nesta terça-feira (13/03), deixou claro que se não houver mais mobilização, os direitos dos bancários serão cada vez mais atacados. O banco espanhol se manteve intransigente sobre a homologação das rescisões contratuais dos funcionários fora dos sindicatos e afirmou que é uma decisão nacional.

Se continuar desrespeitando os direitos dos trabalhadores e a importância das entidades sindicais, os sindicatos terão  ações mais firmes. “Inclusive com manifestações nas agências a cada homologação realizada sem a nossa presença para defender os trabalhadores”, ressaltou o presidente do Sindicato da Bahia(Salvador), Augusto Vasconcelos. A medida é mais um dos prejuízos da reforma trabalhista, imposta pelo governo Temer.

Sobre saúde, os sindicatos  levaram  mais uma vez ao Santander os problemas referentes à mudança na assistência médica dos empregados. Ao passar de Bradesco Saúde para SulAmérica, os funcionários de todo o Estado têm sofrido, com a redução da rede credenciada. A consequência é a falta de cobertura de algumas especialidades. O banco afirmou que não tem nenhuma novidade sobre o tema. Descaso.

Outra demanda apontada foram as mudanças na data de pagamento do funcionalismo, que vai deixar de receber o salário no dia 20 para o 30. “Os trabalhadores ficaram à margem para resolver um problema contábil da empresa”, destacou o diretor de Comunição do SBBA e funcionário do Santander, Adelmo Andrade. Na prática, terão que alterar as datas de vencimento de todas as contas. Um transtorno. A reunião também tratou do descumprimento por parte dos bancos da decisão da categoria de autorização a contribuição sindical.

Representaram o Santander, a superintendente e a gerente de RH, Fabiana Ribeiro e Vanessa Monti, respectivamente, o superintendente regional de Salvador e Lauro de Freitas, Thiago Mendonça, e a especialista em Gestão de Pessoas, Luciana Lopes.

A reunião contou também com as presenças dos diretores da Federação da Bahia e Sergipe, além dos presidentes dos sindicatos dos bancários de Camaçari, Ronaldo Nascimento, e de Feira de Santana, Maria Sandra de Freitas. 

Condições de trabalho

Os Sindicatos da Bahia recebem denúncias constantes sobre transtornos nas condições de trabalho nas agências. Dentre eles, muito calor em decorrência de equipamentos de ar condicionado quebrado, problemas nas máquinas de autoatendimento e portas giratórias sem funcionar.

 

 

Parceiros

Parceiros

  • Contraf
  • Federação dos Bancários
  • Bancários Classistas
  • AFBNB
  • Fenae
  • Vermelho
  • ANABB
  • CTB
Enquete

Enquete

O QUE VC ACHA DO GOVERNO TEMER ?