Sindicato Classisista e de Luta fale conosco
Notícias

Notícias

COMANDO NACIONAL DEFINE CALENDÁRIO DE MOBILIZAÇÃO PARA 2018

Ícone Calendário25/01/2018
COMANDO NACIONAL DEFINE CALENDÁRIO DE MOBILIZAÇÃO PARA 2018

 

 

Reunido em Porto Alegre (RS), nesta quinta-feira (25/1), o Comando Nacional dos Bancários definiu o calendário de mobilização da categoria para a Campanha Salarial de 2018. O presidente da Federação da Bahia e Sergipe, Hermelino Neto, participou do encontro, que discutiu também a conjuntura política e os ataques do governo Temer aos direitos sociais e trabalhistas.

 

A condenação em segunda instância do ex-presidente Lula, como forma de inviabilizar sua candidatura à Presidência da República, foi o primeiro ponto de pauta da reunião. O entendimento do Comando é de que o país está em uma situação política muito complicada, com avanço rápido das forças reacionárias de direita. A data do julgamento e o seu resultado mostram que o Judiciário e o Ministério Público se uniram a setores conservadores da sociedade, que apostam no aprofundamento da crise e do clima de incerteza da população para continuar com a política de privatizações, de destruição da democracia e dos direitos trabalhistas. É neste quadro que se dará a campanha salarial dos bancários.

 

Neste contexto, o Comando Nacional aprovou uma Moção de Repúdio à perseguição política a Lula, bem como orientou que os sindicatos intensifiquem a luta contra reforma da previdência, participando com força total da greve geral convocada pela centrais sindicais para o dia 19 de fevereiro, caso o governo coloque o projeto em votação na Câmara dos Deputados.

 

Termo de compromisso

 

Os representantes dos bancários vão cobrar também uma resposta da Fenaban sobre a assinatura de um Termo de Compromisso, que proteja empregos, resguarde direitos históricos e que delimite os atos nocivos que podem advir da Lei das Terceirizações (13.429/2017) e da nova Lei Trabalhista (13.467/2017). A proposta foi entregue pelo Comando Nacional no início de agosto.

 

Durante a reunião, alguns sindicatos informaram que foram notificados pelo Itaú e o Santander, de que não farão mais homologações de demissão dos trabalhadores nos sindicatos a partir do dia 1º de fevereiro.

 

Campanha 2018

 

O Comando antecipou o calendário de atividades da Campanha Nacional 2018 e vai tentar também começar antecipadamente as negociações com a Fenaban. Os principais temas em discussão serão a defesa do emprego e do papel dos bancos público como instrumento de desenvolvimento social do país.

 

“Vamos fortalecer os encontros estaduais e regionais e trabalhar intensamente para envolver ainda mais a categoria em todo o processo de discussão da campanha salarial e dos rumos políticos do país”, ressaltou o presidente da Feebbase, Hermelino Neto.

 

Neto destacou ainda a importância de manter a unidade da categoria em torno de uma pauta que possa manter e ampliar os direitos, mesmo em um cenário tão adverso.

 

Confira o calendário de mobilização:

 

28 de fevereiro e 20 de março – Reunião do Comando Nacional

 

06 à 08 de abril  - Congresso da Contraf.           

 

4 à 6/ de maio -  Encontro dos Financiários 

 

18 e 20 de maio - Encontro do BNB e BASA.

 

13 de abril  à 20 de maio - Conferências Regionais e Estaduais.   

 

07 e 08 de junho - Encontro dos bancos privados

 

07 e 08 de junho -  Conecef e CNFBB.                          

 

09 e 10 de junho – 20ª Conferência Nacional dos Bancários

 

Parceiros

Parceiros

  • Contraf
  • Federação dos Bancários
  • Bancários Classistas
  • AFBNB
  • Fenae
  • Vermelho
  • ANABB
  • CTB
Enquete

Enquete

O QUE VC ACHA DO GOVERNO TEMER ?