O brasileiro acordou nesta terça-feira (21/11) com a notícia de que o país gerou mais de 76 mil postos de trabalho em outubro. ..." /> Sindicato dos Bancários - SALÁRIO CAI. COM REFORMA, O CENÁRIO PIORA
Sindicato Classisista e de Luta fale conosco
Notícias

Notícias

SALÁRIO CAI. COM REFORMA, O CENÁRIO PIORA

Ícone Calendário22/11/2017
SALÁRIO CAI. COM REFORMA, O CENÁRIO PIORA

O brasileiro acordou nesta terça-feira (21/11) com a notícia de que o país gerou mais de 76 mil postos de trabalho em outubro. Os números foram dados com exaustão pelos principais veículos de comunicação. Mas, o que a grande mídia esconde do leitor é que os salários caíram. O rendimento médio dos trabalhadores contratados é de R$ 1.463,12, contra R$ 1.675,95 dos demitidos.

Se está difícil pagar as contas com o salário rebaixado, vai ficar ainda mais com a reforma trabalhista, em vigor desde o dia 11. A nova legislação dá total liberdade para a empresa negociar tudo com o trabalhador, inclusive jornada e salário, deixando-o vulnerável. Ou seja, a tendência é carga maior com remuneração bem enxuta.

Outro dado ignorado pela mídia "amiga" do governo Temer é o total de vagas fechadas em um ano. Desde outubro de 2016, foram fechados no país 294.305 vagas formais, quer dizer, com carteira assinada. A pesquisa é do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho.

Parceiros

Parceiros

  • Contraf
  • Federação dos Bancários
  • Bancários Classistas
  • AFBNB
  • Fenae
  • Vermelho
  • ANABB
  • CTB
Enquete

Enquete

O QUE VC ACHA DO GOVERNO TEMER ?